top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - Vergonha atrás de vergonha

Amigo do esporte,


Que Seleção de merda! Quanta vergonha! Quanto vexame! Que falta de empenho! Aliás, falta tudo na Seleção. A começar pela CBF. Ednaldo Rodrigues não tem a menor condição de dirigir nem reunião de condôminos, quanto mais a entidade responsável pela Seleção que até vinte anos atrás era a mais temida e respeitada do mundo.

O "dono" da Seleção, Neymar Jr., humilhou o sr. Ednaldo ao final do jogo contra a Venezuela, xingando e proferindo palavras impublicáveis na frente de todo mundo. Afirmou que não iria para o Uruguai e deitou e rolou em cima do presidente da CBF. E o que aconteceu? Absolutamente nada.

O presidente baixou a cabeça, ouviu tudo e nada fez para se impor. E o mimadinho continua reinando, mandando prender e mandando soltar na Seleção, sem que ninguém tome providência. Acabou se contundindo no vexame do Uruguai e está aí uma ótima oportunidade para afastar de vez esse mal crônico da Seleção que se chama Neymar.

Claro que muitos vão dizer: como abrir mão de um craque? De um talento? Para esses eu respondo que acima do talento está o caráter, a índole, a responsabilidade, coisa que esse mimadinho nunca teve. Está claro que as concessões feitas a esse moleque causam mal estar no elenco. É ele e o resto. Por fazer e dizer tudo o que quer, se julga superior a tudo e a todos. Não há limites para esse moleque. E os outros? Como ficam? Vocês acham que estão satisfeitos com toda essa permissividade? Me engana que eu gosto. Nunca foi nada e nem vai ser nada. O final da carreira de aproxima, e lamentavelmente nunca foi o melhor.

Aqui se baba ovo por ele. Mas o mundo jamais o idolatrou. Nunca foi o melhor do mundo. E em tom irônico como sempre, desdenhou desse troféu. O resultado de tudo isso é a performance pífia da Seleção nesse início de Eliminatória para a Copa. Está tudo errado.

O presidente da CBF é um marionete, as convocações são de interesse de empresários e patrocinadores, o treinador não ganhou nada de expressão que o credenciasse a assumir a Seleção, os jogadores visivelmente descompromissados, um pouco pelo que já citei acima e também porque hoje eles defendem a Seleção por obrigação.

Aí vai ter gente que vai dizer que o futebol mudou, que a tecnologia invadiu os esportes e claro, o futebol. Mas nada justifica a pouca vergonha e o descaramento das convocações e das atuações desses mercenários que só pensam em se promover. E vou parar por aqui, pois já fui apaixonado pela camisa amarela, já chorei de alegria e de tristeza. Muito mais de alegria. E hoje não consigo sequer assistir a esse circo de horrores. Estão acabando com nossa Seleção, assim como com nosso futebol. Triste! Até mais!

52 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page