top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - Pagou pelo que falou

Amigo do esporte,


sempre houve polêmica com relação a derrubada de treinador por parte do jogador. Alguns são partidários de que existe sim intenção de jogadores em derrubar o treinador. Outros não acreditam nessa possibilidade. O caso mais recente é o de Mano Menezes.

Em duas oportunidades, chegou ao Corinthians e fez sucesso, conquistando títulos e deixando o mamão com açúcar para Tite fazer o nome. Infelizmente dessa vez não teve a mesma sorte.

Primeiro porque seus métodos já estão ultrapassados. Precisaria se reciclar, se atualizar. E segundo, e o principal motivo de sua demissão, foi o fato de não ter mais o grupo na mão. Excessivamente nervoso, instável emocionalmente, começou a cair quando em pleno desenrolar do jogo, após Ranieli chutar de longe e muito longe do gol, gritou para o jogador que ele não estava mais jogando no Cuiabá, que agora era Corinthians. Pegou muito mal.

Inclusive a diretoria do Cuiabá emitiu uma nota de repúdio pela fala do treinador. Depois num outro jogo, em meio a partida ruim que fazia o time, após uma falta cometida por Yuri Alberto, chamou o jogador de burro aos berros.

Após o jogo, em ambos os casos, Mano tentou explicar o inexplicável. Esses dois episódios aliados a falta de resultados diante de um trabalho pífio tornaram a situação insustentável. Coincidentemente, a chegada de António Oliveira mostrou um novo Corinthians.

Escrevo antes do Derby. O Timão vai enfrentar o Verdão na Arena Barueri. Independente do resultado desse jogo, o time já mostrou uma outra cara. Mais disposição, mais organizado, mais competitivo. Claro que o trabalho do treinador já se mostra. Mas o que me chama mais a atenção é a vontade do jogador.

De repente, os jogadores estão se doando em campo como não via há muito tempo. Coincidência? Talvez. A verdade é que essa polêmica está sempre em evidência. Já houve casos semelhantes com outros times que causaram demissão de treinador. E sempre vai permanecer a dúvida: o jogador de futebol tem poder para derrubar treinador? Mano pagou pelo péssimo trabalho. Mas sobretudo por não ter mais o elenco na mão por razões já expostas. Pagou pelo que falou! Até mais!

36 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page