top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - O triste fim de Vanderlei Luxemburgo

Amigo do esporte,


poucas vezes um treinador teve tanto sucesso quanto Vanderlei Luxemburgo. Ganhou projeção em 1990 ao levar o Bragantino ao título paulista na famosa "final caipira" contra o Novorizontino. De lateral esquerdo medíocre, passou a ser um treinador cobiçado. Multi campeão, é o único treinador com cinco títulos brasileiros e nove paulistas. Dirigiu as maiores equipes do Brasil, passou pelo Real Madrid e treinou a Seleção Brasileira também. Que curriculum invejável, né?

Vanderlei durante muito tempo foi unanimidade. Não havia quem não o apontasse como o melhor treinador do país. Mas infelizmente não estava preparado para conviver com fama e reconhecimento. De repente passou a mudar o foco. Passou a agenciar jogador e levava jogadores para os clubes que trabalhava, começou a entrar numa seara que não correspondia ao seu cargo.

Quis acumular função de treinador com a de gerente de futebol , e se esqueceu de atualizar seus conceitos, que eram no passado os mais respeitados. O tempo passou e começou o declínio. Acostumado a elogios e aplausos, se viu numa situação diferente. Críticas e apupos começaram a fazer parte de sua rotina. Sempre teve temperamento difícil. Arrogante, prepotente, passou a querer ser mais realista do que o rei.

Julgava ser a estrela da companhia. E julga até hoje. Infelizmente suas atitudes depois da fama o tornaram extremamente antipático. Com inimigos dentro e fora das quatro linhas, Vanderlei acabou se supervalorizando, achando que ainda era o maior. Grande engano. Ultrapassado, ficou um tempo desempregado (o que era inadmissível há tempos atrás) quando deixou o Sport, e voltou dois anos depois para treinar o Vasco da Gama.

Por voltar humilde, acabou fazendo um trabalho considerável n o Gigante da Colina, o que foi suficiente para ter uma grande oportunidade de voltar ao clube onde conquistou seus maiores títulos: o Palmeiras. Só que no Verdão teve uma recaída e voltou a ser aquele treinador arrogante e prepotente tanto com a imprensa como, e principalmente, com os jogadores. E após uma derrota vergonhosa para o Coritiba e uma campanha vexatória, acabou demitido.

Confesso que sempre fui fã de Vanderlei Luxemburgo. Um treinador que enxergava futebol como poucos. Mas hoje fico triste em vivenciar a derrocada de um grande treinador. Creio que a época dele já passou. Relutei em chegar a essa conclusão. Mas seus recentes trabalhos me fizeram acreditar que está ultrapassado.

E pior, não admite e não quer se reciclar. Lamentável! Mas perdemos um grande treinador. Mas um homem nem tão brilhante. Do episódio com a manicure, passando pela briga com Marcelinho, Vanderlei foi semeando seu final precoce. Não acredito mais nas suas convicções. E nem acredito mais nos times que dirige. Posso estar enganado. Mas é o início do fim da carreira daquele que já foi unanimidade. E que triste fim! Até mais!

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page