top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - O que está esperando, Corinthians?

Amigo do esporte,


nunca escondi o time que torço. E procuro sempre não trazer aqui assuntos relativos a ele. Até por questão de bom senso. Mas às vezes é inevitável. O zagueiro Robson Bambu está sendo acusado de estupro num caso complicado. Uma modelo afirma ter sido estuprada pelo jogador afirmando que saiu da casa noturna com a amiga, Robson Bambu e um amigo dele. E que ficou com o amigo, um tal de "Pezinho". Depois de 3 vodcas, apagou e não sabe o que aconteceu até acordar com o jogador abusando dela. Disse também, que só foi perceber que tinha sido estuprada em casa tomando banho. Apesar de o exame de corpo delito ter revelado lesão nas partes genitais, o exame toxicológico apresentou também a presença de maconha. Ela tem dois filhos e está abalada psicologicamente com o ocorrido. E nega que tenha tido contato com maconha por sua vontade, uma vez que disse ter fumado um vaporizador. Nossa! Quanta bagunça! Como pode uma mulher só ter notado que foi violentada no dia seguinte tomando banho? Vamos aos fatos. Primeiro que uma mulher com dois filhos, sendo um de 10 anos e outro de 2, que vai a uma casa noturna com uma amiga e sai de lá para um hotel com dois desconhecidos não é o modelo de ingenuidade. Agora falando do jogador, ainda que a mulher não seja tão ingênua como prega, a verdade é que o estupro é crime, se é que houve. E por que estou cobrando uma atitude do clube? Assim como Danilo Avelar foi afastado por discriminação racial imediatamente, atitude certíssima tomada pelo Corinthians, a mesma coisa deveria acontecer com Robson Bambu. Ainda que nada tenha sido provado ainda, o clube deveria afastar o jogador até que se conclua o caso. Se for decretada a inocência dele, ótimo. É reintegrado e fim de papo. Caso tenha sido condenado, que se afaste definitivamente o zagueiro, assim como foi feito com Danilo Avelar. O que estou contestando é a morosidade do clube em tomar uma posição até a sentença do Ministério Público. Não concordo com a falta de iniciativa e de tomada de posição do Timão. Afasta-se o jogador imediatamente. A partir do momento em que for inocentado, reintegra o zagueiro. A demora na tomada e posição numa situação dessas é deplorável. É preciso agir já. Assim como já se tornou um jargão imortal para a torcida nas arquibancadas como incentivo ao time, uso o mesmo jargão para cobrar uma tomada de posição urgente no caso. "Vai, Corinthians"! Vai logo! Até mais!

27 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page