top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - No Brasil tudo se copia

Amigo do esporte,


já dizia o "Velho Guerreiro", nosso querido Chacrinha: "no Brasil nada se cria, tudo se copia"! E lamentavelmente parece que na maioria das vezes ele tinha razão. No futebol, principalmente, o Brasil adora copiar coisas dos europeus, mas sempre sem a qualidade.

É inconcebível para quem frequentou e frequenta arquibancada, que assista passivamente a entrada dos times em campo. Negócio chato, sem graça. Não é como antigamente quando o time da casa entrava em campo e era recebido com fogos, com festa, com aplausos e gritos. E o time visitante era vaiado e xingado. E para fugir dessa "recepção", às vezes esperava para entrar no gramado junto com o anfitrião.

Os times entravam correndo, com sangue no olho, emoção a flor da pele. Hoje, além de não mais se permitir fogos porque alguns idiotas começaram a fazer do rojão uma arma, os times entram juntos imitando, como sempre, hábitos europeus. Coisa mais chata, mais sem emoção.

O Hino Nacional está cada vez mais banalizado. Ninguém respeita. O portal que se coloca para que os times passem é ridículo. Um papelão de muito mau gosto, barato, feio e sem graça.

Até os jogadores seguem as modinhas da Europa. Recentemente, alguns, e entre eles o Rafael Veiga, adotaram a modinha da camisa de uma manga só. Que ridículo. Depois quando se diz que o brasileiro tem complexo de vira-lata, tem gente que acha ruim. É por causa dessa mania de copiar que nosso futebol regrediu tanto. Não tem mais personalidade. Tudo se copia da Europa sem se perceber que nem tudo de lá é bom pra nós. Enquanto tivemos personalidade, enquanto fomos modelo, reinamos no mundo.

Éramos idolatrados, adorados, temidos. Nossa camisa jogava sozinha. A partir do momento em que começamos a copiar procedimentos dentro e fora do campo, nosso futebol sucumbiu. Como seria bom se voltássemos a ter festa no estádio. Cada time entrando por túneis separados. Sem frescura de passar por baixo de arcos cafonas. Sem execução do Hino Nacional, afinal o hino mais lindo do mundo não merece tanto desrespeito e tanta banalização.

Enfim, creio que acham que tudo isso é evolução e que o futebol tem que ter esse "fair play". Outra coisa que acho absurda. Isso tem que acabar. Na verdade, nunca existiu. O "fair play" que se adota é ridículo. Nossa! Quanta coisa errada no nosso futebol. Vou parar por aqui. Capaz de me chamarem de saudosista, de velho, de retrógrado. Posso ser tudo isso, mas vivi o verdadeiro futebol. E hoje não tenho o menor prazer de ver toda essa palhaçada que acontece antes, durante e depois de cada jogo! Até mais!

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opinião objetiva - O que se deve copiar

Amigo do esporte, de algumas décadas para cá, o Brasil anda copiando muita coisa do futebol europeu. A começar por uma mudança em nosso hábito que não perdoo. O fato de as equipes entrarem em campo si

Opinião objetiva - mais do mesmo

Amigo do esporte, Já de algum tempo, Palmeiras e Flamengo vem dominando o futebol brasileiro e sul-americano. São as equipes mais bem estruturadas, mais profissionalizadas e com mais recursos financei

Opinião objetiva - Do choro ao riso

Amigo do esporte, Todo mundo sabe que a vida é feita de fases. Criança, adolescente, jovem, adulto e idoso. O que vou relatar aqui, é aquilo que senti ao longo da vida com relação ao futebol. Vivo del

Kommentare


bottom of page