top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - Libertadores: sonho de consumo

Amigo do esporte,


o sonho de todo time brasileiro hoje em dia é chegar na Libertadores. Os times se programam no início do Campeonato Brasileiro para no final estar entre os quatro primeiros. Na pior das hipóteses, entre os seis primeiros para estar na pré. Não importa mais o título. Se vier, tudo bem. Mas o mais importante é ter uma vaga na Libertadores.

Como o futebol mudou. Como as coisas mudaram. E pensar que o inesquecível time do Santos de Pelé e Cia. cansou de rejeitar essa competição. Preferia excursionar e se exibir, a levar pontapés e jogar em campos horríveis, além de ser prejudicado na cara dura pela arbitragem.

A banalização dessa competição jogou por terra a importância de um título brasileiro. Me lembro do tempo em que somente o campeão e o vice-campeão brasileiro tinham direito a disputar a Libertadores. Como era gostoso. Os times lutavam desesperadamente pelo título. Se chegasse a final tinha ainda a motivação de estar na competição da América do Sul. E tudo isso no tempo em que o Brasileiro tinha o famosos mata-mata. Era emoção demais. Era pura adrenalina.

Hoje mudou tudo. O Brasileiro tem pontos corridos (às vezes chato demais, o que não ocorre com a edição atual, emocionante). E a Libertadores acabou inchando de uma tal maneira que qualquer "Zé Mané" sonha em disputar. Times que nunca se ouviu falar, condições precárias dos gramados, falta de segurança, tudo de ruim acontece na competição. E todo mundo quer disputar. O dinheiro é alto. A projeção é grande. E a possibilidade de disputar o Mundial de Clubes, que tem nova fórmula para definir os competidores, tudo isso faz com que o título de Campeão Brasileiro não valha mais absolutamente nada.

Não posso concordar com a atitude dos times brasileiros de hoje, que tem como objetivo maior estar na Libertadores. E depois querem que o nível de nosso futebol se eleve. Como, se o campeonato de maior relevância no âmbito nacional não tem a menor importância para jogadores e dirigentes?

Pra piorar a Copa do Brasil dá uma vaga ao campeão na referida competição sul-americana. É muito triste o momento porque passa o futebol brasileiro. Não somos páreo pra time europeu nenhum. Haja vista que o último time de nosso continente que conseguiu o título mundial foi o Corinthians em 2012. E ainda tem gente que desmerece a conquista alegando a fragilidade do adversário, no caso o Chelsea.

Tudo isso é reflexo desse desejo insano de participar de uma competição que tirando a parte financeira, não tem atrativo nenhum. Estádios sem a menor condição, nível precário de segurança, viagens absurdas em meio a outras competições e adversários sem expressão alguma que, por vezes, aprontam e eliminam nossos times.

Confesso que não consigo entender. Mas, esse é o momento de nosso futebol. Enquanto se entender que só o fato de estar na zona de classificação da Libertadores já é suficiente para garantir a temporada, jamais voltaremos a uma posição de destaque no futebol internacional. Acabou o desejo pelo título. A vontade de ser campeão. Lamentável! Até mais!

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opinião objetiva - O que se deve copiar

Amigo do esporte, de algumas décadas para cá, o Brasil anda copiando muita coisa do futebol europeu. A começar por uma mudança em nosso hábito que não perdoo. O fato de as equipes entrarem em campo si

Opinião objetiva - mais do mesmo

Amigo do esporte, Já de algum tempo, Palmeiras e Flamengo vem dominando o futebol brasileiro e sul-americano. São as equipes mais bem estruturadas, mais profissionalizadas e com mais recursos financei

Comments


bottom of page