top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - Irresponsabilidade

Amigo(a) do esporte,


é impressionante a negligência, a irresponsabilidade de alguns órgãos que dirigem o futebol. E também de alguns clubes. Não demorou para surgirem casos de COVID no futebol brasileiro. Algumas entidades e alguns clubes, aliás a grande maioria, seguiram o protocolo a risca.

Demonstraram preocupação e os casos que surgiram foram prontamente resolvidos com o afastamento dos jogadores e funcionários. Tudo conforme o protocolo. Porém, algumas federações e alguns clubes desdenharam para um problema que é crucial e tem afetado o mundo fazendo vítimas diariamente.

O caso do CSA foi repugnante. O Governo de Alagoas ao invés de obrigar os clubes a seguir o protocolo, simplesmente "recomendou" a realização de testes. A Federação Alagoana também deu de ombros e seguiu a orientação absurda do Governo. E o CSA por sua vez, resolveu não fazer testes em seus jogadores. Resultado: oito atletas contaminados, dois jogos adiados e o pior, o Guarani jogou contra o time de Alagoas.

Tudo bem que nenhum atleta afetado entrou em campo. Mas e a convivência? Quem garante que não poderia ter acontecido o pior? Nossa! Eu não consigo admitir como um Governo, uma Federação e um clube podem dar as costas para um problema vital como esse.

Pra piorar a situação, o Atlético GO conseguiu um recurso junto a CBF para escalar jogadores que testaram positivo para o vírus. Segundo o argumento do clube, aceito pela CBF, os quatro jogadores estão em fase final de contaminação e já cumpriram a quarentena não tendo mais potencial de transmissão da doença. Sinceramente, fosse eu o presidente da CBF, rebaixaria sumariamente o CSA pela irresponsabilidade.

É inadmissível não dar a importância devida a esse problema. Clube relapso, dirigentes relapsos tem que pagar. E caro. A lição serviria para que o CSA aprendesse de vez que não se deve brincar com vidas. E o mesmo se aplicaria ao Atlético GO. Ainda que os jogadores estejam em final de quarentena, não importa.

A lógica diz que esses jogadores deveriam esperar mais um período para que estivessem limpos. Impressionante como tem pessoas que colocam os seus interesses como prioritários em detrimento de prejuízo a outrem. Tudo nesse país deve ser moralizado. O Brasil apodrece em corrupção e roubalheira. E o futebol poderia dar o exemplo e punir severamente que quer tirar proveito dessa situação.

Infelizmente, ao que parece tudo vai transcorrer normalmente. Até que uma hora haverá outra paralisação. Só que a próxima poderá ser definitiva. Lamentável! Até mais !

17 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page