top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - Fluminense x Bahia: típico mau exemplo de futebol

Amigo do esporte,


o jogo Fluminense x Bahia pelo Campeonato Brasileiro neste domingo é a prova inconteste da decadência do nosso futebol. Além do péssimo futebol apresentado pelos times, tivemos toda a sorte de situações constrangedoras e ridículas. O árbitro designado para a partida não tinha "lastro" suficiente para encarar Mano Menezes e Odair Hellmann.

Foi engolido pelos treinadores. Muito mais por Mano Menezes que extrapolou ao se referir ao árbitro. O sr. José Mendonça da Silva Jr., árbitro da partida não teve coragem, não teve "peito" para expulsar o arrogante e impertinente treinador. Mano chegou a ameaçá-lo e ofendê-lo de forma lamentável chamando-o de "vagabundo e vociferando: "você não apita mais". Que vergonha! Lamentável!

A CBF escala um árbitro sem perfil para um jogo dessa importância e o árbitro fica cercado no covil. Além desse comportamento nojento de Mano Menezes que mostra um destempero típico de quem está desesperado, outros senões aconteceram. Todos para prejudicar ainda mais nosso futebol.

Jogadores reclamando o jogo inteiro, a cada marcação do árbitro surgia um bando a cercá-lo para reclamar. Alguns fazendo uma cera constrangedora, insuportável. De forma acintosa, jogadores caíam, rolavam no chão, se contorciam com a nítida intenção de ludibriar o árbitro, de parar o jogo, e logo depois da falta marcada se levantavam rapidamente sem mostrar o menor sinal de contusão. Nossa! Que nojo.

Está cada vez mais difícil de se assistir futebol. Um bando de jogadores ruins ou medíocres que a qualquer contato rolam no chão, se contorcem como se estivessem com alguma fratura exposta, e logo depois se levantam e saem em desabalada carreira como se nada tivesse acontecido. Não dão sossego para o árbitro em momento algum. Reclamam de tudo e de todos. E futebol que é bom, nada!

E quanto aos treinadores, me revolta a atitude de alguns que acham que por ter uma carreira longa, podem humilhar e reclamar e até agredir verbalmente o pobre do árbitro. Digo pobre, porque eles sabem qual árbitro podem agredir. Basta que ele seja novo, esteja começando a carreira ou que esteja apitando há pouco tempo para ser alvo desses abutres que ao invés de se preocuparem em se atualizar, aprender novas idéias de jogo, preferem sacrificar árbitros novatos para justificar o fracasso.

Triste episódio protagonizado por Mano Menezes, que mostra com esta atitude que está em decadência total. E quanto aos jogadores, bem, já disse reiteradas vezes que, apesar de todos terem culpa na decadência de nosso futebol, os jogadores são os responsáveis maiores e diretos pelo fracasso.

É a famosa "Lei de Gérson", de levar vantagem em tudo. Simulam contusão, reclamam, fazem de tudo para tirar proveito de determinada situação. Enquanto tivermos jogadores com esse pensamento, não iremos a lugar algum. Fluminense x Bahia, um jogo pra esquecer. Até mais!

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opinião objetiva - O que se deve copiar

Amigo do esporte, de algumas décadas para cá, o Brasil anda copiando muita coisa do futebol europeu. A começar por uma mudança em nosso hábito que não perdoo. O fato de as equipes entrarem em campo si

Opinião objetiva - mais do mesmo

Amigo do esporte, Já de algum tempo, Palmeiras e Flamengo vem dominando o futebol brasileiro e sul-americano. São as equipes mais bem estruturadas, mais profissionalizadas e com mais recursos financei

Comments


bottom of page