top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - Eu já sabia

Amigo do esporte,


se para alguns a eliminação da Seleção Brasileira Feminina foi uma surpresa, para mim era muito clara. Muito oba-oba, muita festa, muita euforia por uma seleção que nunca conseguiu ganhar nada de expressivo. Fora a insistência da mídia em nos enfiar goela abaixo uma falsa confiança.

O que credenciava nossa Seleção ao sucesso? Nada! Absolutamente nada. Talvez com um pouco de sorte poderia passar da fase de grupos. E dependendo do cruzamento das oitavas, poderia até chegar um pouco mais longe. E só.

O que credenciava um time cuja treinadora está há cinco anos no Brasil e não fala português? E não se esforça pra isso? Ah, mas ela veio da Suécia. Beleza. E aqui no Brasil, o que ela acrescentou ao nosso futebol? Nada! Absolutamente nada.

Encheu o time de jogadoras do exterior, um erro inadmissível, pois se estamos querendo popularizar o futebol feminino, nada mais racional do que só convocar jogadoras que atuam aqui. Não deu padrão de jogo em cinco anos. Tem uma dificuldade enorme para se comunicar.

Com relação as jogadoras, no meio da euforia, de toda imposição da confiança, acabaram se deixando levar. Para mim foi mais do que normal a eliminação. E agora falando da grande Marta. Grande Marta! Essa senhora, que já foi muitas vezes melhor do mundo, ganhou o que pelo Brasil? Que título importante de fato ela conseguiu para o Brasil? Nenhum. É muita areia pro caminhão.

E ainda ao final da Copa vomitou um amontoado de asneiras, tomando partido político e tentando desviar o foco. Em todo o clube ou seleção que se declara politicamente para determinada vertente, seja ela qual for, a tendência é o fracasso. Futebol não se mistura com política.

Esses são os fatores que me fizeram acreditar que a Seleção não iria longe no Mundial. E para finalizar, nosso futebol feminino está anos-luz atrás de grandes potências que já praticam essa modalidade há muito tempo.

São países que já tem o público, que já englobaram essa modalidade na ordem de grandes eventos. Aqui, ainda estamos engatinhando. Há muito que percorrer. A ideia foi lançada. Agora é trabalhar para tornar o esporte popular. Na minha opinião teremos dificuldades, pois nos acostumamos ao futebol masculino desde o final do século 19.

Ganhamos cinco títulos mundiais. E mesmo assim, ainda criticamos o momento atual do nosso futebol. Enfim, é esperar para ver. Ah! Mais uma coisa. Elas queriam colocar as 5 estrelas no escudo da camisa que usaram. Vamos devagar! Quem sabe um dia ! Por enquanto não dá, né? Até mais!

37 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page