top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - E agora, São Paulo?

Amigo do esporte, depois de liderar o Brasileiro da série A com folga até, pois chegou a abrir 7 pontos de vantagem para o segundo colocado e com dois jogos a menos, o Tricolor do Morumbi de repente vê pelo retrovisor a chegada de concorrentes fortes na busca pelo título.

O Inter com Abel Braga, o rei do vestiário, chega forte e espera mais um tropeço do São Paulo para chegar definitivamente e dividir a liderança. Lembrando que ainda haverá o confronto direto entre eles.

Embora seja no Morumbi, não há favorito para esse jogo. Duas derrotas foram suficientes para que o Campeonato voltasse a ter competição. Tudo parecia caminhar para o título perseguido pelo Tricolor desde 2008. Uma atitude intempestiva de Fernando Diniz quando ofendeu publicamente o jogador Tchê Tchê no jogo contra o Bragantino, e cuja derrota foi marcante, foi suficiente para que o ambiente se transformasse.

Em seguida veio a derrota para o time reserva do Santos em pleno Morumbi complicando ainda mais a situação do time na tabela. Quando você, amigo(a) do esporte, estiver lendo essa coluna pode ser que o Atlético MG esteja com 52 pontos, a quatro do líder São Paulo que tem 56, mas com um jogo ainda por cumprir. E em vencendo esse jogo, o Galo passaria a 55 e seria mais um candidato ao título.

Lamentavelmente, o Tricolor sentiu o baque. Alguns jovens promovidos por Fernando Diniz talvez estejam sentindo o peso da cobrança da torcida por um título. Outros veteranos que foram e estão prestigiados pelo treinador não estão rendendo nada. Hernanes, Daniel Alves são dois exemplos. Daniel Alves então, tem jogado muito pouco para justificar o salário milionário que recebe. Aliás, a imprensa no geral tem verdadeira paixão por esse jogador. Apesar de estar mal, errando passes, sem gás pra acompanhar a molecada, alguns colegas insistem em endeusar esse jogador que só conseguiu os títulos que conseguiu por jogar em grandes times de grandes jogadores. Paciência! Há quem goste e quem desgoste.

O São Paulo precisa reagir. Já vai longe o tempo em que metia medo nos adversários, no tempo dos cardeais, onde toda crise era abafada e ficava intra muros. Juvenal Juvêncio passou a chamar o clube de "Soberano", criando uma antipatia geral. Criou confusão com Palmeiras e Corinthians, fez uma péssima administração e com isso, iniciou a derrocada tricolor.

Agora o time precisa mostrar que ainda é respeitado. A volta da vitória é imprescindível. Caso contrário, pode além de perder a liderança, perder também o treinador que nunca foi unanimidade. Nem para a torcida e nem para a diretoria. É agora a hora da reação. Agora ou nunca.

O torcedor jamais perdoaria a perda de mais um título. Ainda mais nas circunstâncias atuais com o time que chegou a ter 7 pontos de vantagem com dois jogos a menos. Chegou o momento da verdade. Vai voltar a ser um time vencedor ou sucumbir novamente e continuar a ser um mero coadjuvante. O tempo dirá! Até mais!

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opinião objetiva - O que se deve copiar

Amigo do esporte, de algumas décadas para cá, o Brasil anda copiando muita coisa do futebol europeu. A começar por uma mudança em nosso hábito que não perdoo. O fato de as equipes entrarem em campo si

Opinião objetiva - mais do mesmo

Amigo do esporte, Já de algum tempo, Palmeiras e Flamengo vem dominando o futebol brasileiro e sul-americano. São as equipes mais bem estruturadas, mais profissionalizadas e com mais recursos financei

Comments


bottom of page