top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - E agora, Fogão?

Amigo do esporte,


é claro que a diferença de 3 pontos e mais um jogo por cumprir ainda servem de alento pra o torcedor. O Botafogo ainda depende só dele para ser campeão após 28 anos. Mas é aí que mora o perigo. Sabe aquela história da "tartaruga que subiu no poste e ninguém sabe como"? Pois é o que acontece com o Botafogo.

Um time que apesar de ter se tornado uma SAF e com um proprietário atuante e presente, carrega o peso de 28 anos sem título. E convenhamos, o time é fraco. Um goleiro bom. Eu disse bom, nada de excepcional. Uma zaga inconstante. Um meio campo com um bom jogador, o Eduardo e alguns refugos (caso de Tche-Tche), e um ataque onde o "matador" é Tiquinho Soares, um grosso, de corpo duro, que nem postura tem de jogador de futebol. E por incrível que possa parecer, é o artilheiro do Campeonato Brasileiro, o que atesta a pobreza atual do nosso futebol.

Pois então, amigo do esporte, fica a pergunta: e agora, Fogão? Muita gente já tinha proclamado o Glorioso campeão. A diferença chegou a 12 pontos para o segundo colocado e era tido como favas contadas o título.

O seu treinador após alguns resultados negativos pediu demissão quando o time ainda tinha uma certa folga na tabela. Por que será? Talvez antevendo que ao se afunilar a competição, o Botafogo não tivesse postura, time, gás para segurara a vantagem e levantar o caneco. A verdade é que a coisa se complicou. A realidade está vindo a tona.

Com todo o respeito a quem tem a opinião contrária, mas ao longo de todo o campeonato deixei claro minha opinião de que o Fogão não tinha time para erguer a taça. Claro que, como disse anteriormente, ainda depende só dele. Mas após 30 rodadas para ele e 31 para os outros, o momento de euforia e de devaneio já passou. Agora vai ter que encarar a dura realidade de olhar no retrovisor e ver ainda que com um jogo a mais o Palmeiras, multi campeão, calejado e de novo com perspectiva de título, o instável Grêmio de Luis Suarez que ainda respira, o Atlético Mineiro de Felipão com um ataque de se tirar o chapéu do Hulk e Paulinho e ainda o Bragantino de Caixinha que segue firme na briga.

A coisa complicou, não é verdade? Ainda tem tudo para chegar. Basta que não se importe com o que está vindo atrás. Mas na real, creio que não dá mais. Gostaria de ver um campeão diferente. E torço para isso, mas para mim a vaca já foi pro brejo. E a tartaruga desceu do poste. Até mais!


Obs: estou escrevendo antes da rodada do final de semana. Talvez haja mudança no quadro.

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page