top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - Champions League, um colírio

Amigo do esporte,


sempre fui defensor do futebol brasileiro. Sempre fui favorável a que se faça a cabeça dos nossos jovens, das nossas crianças para que torçam por nossos times, de preferência para o time dos pais para dar sequência a "dinastia".

Sou partidário da filosofia do amor caseiro, da paixão pelo doméstico, de nossos times aqui do Brasil. Mas temos que convir que está difícil demais. Não bastasse o nível absurdamente pobre do nosso futebol, existem fatores outros que contribuem para que a "molecada" debande para outras plagas.

É muito comum hoje em dia andarmos na rua e nos depararmos com garotos com camisas de gigantes da Europa. Números expressivos de lojas especializadas em materiais esportivos apontam um crescimento absurdo de preferência por camisas do Real Madrid, Barcelona, Manchester City, Juventus de Turim, Internazionale, Bayern, PSG e por aí afora. E essa preferência é facilmente justificável.

Tive o privilégio de assistir os jogos de ida das semi-finais da Champions League. Nossa! Que diferença. Que futebol bonito. Jogadores embuidos de um só ideal: jogar futebol. Que maravilha. Ninguém faz cera. Ninguém joga a arbitragem na "boca do leão". A bola não para. Árbitros severos, rígidos. Tudo conspira para que o jogo flua da melhor maneira possível. Não há discussão entre os jogadores. Existe um respeito enorme de todos com todos. O VAR é rápido e incontestável. E se não bastassem todos estes fatores, a televisão contribui demais para que nossos jovens percam interesse por times daqui.

Você tem acesso a campeonatos europeus de todos os grandes centros, de pequenos centros e até de outros continentes onde o futebol engatinha. Campeonato espanhol, português, alemão, francês, inglês, russo, italiano, argentino e até americano e asiático. Agora, se você quiser ver seu time na Sul-Americana por exemplo, tem que assinar pacote de streaming. A própria televisão faz apologia dos campeonatos europeus. Dedicam muito mais espaço a estas competições.

Pouco se fala do futebol brasileiro, a não ser em dias de jogo. Lamentável. O Brasil está perdendo adeptos cada vez mais do nosso futebol. Por incompetência de nossos dirigentes que levam os clubes ao caos financeiro, por nossos jogadores horríveis que estão mais preocupados em se promoverem, por treinadores ultrapassados que fazem questão de permanecerem na inércia, pela falta de apelo maior da mídia e, o principal, pelo futebol maravilhoso que se pratica hoje nos grandes centros da Europa.

Negar isso é querer negar o óbvio. E eu que continuo defendendo a ideia de que precisamos fazer a cabeça de nossos jovens, não tiro a razão dos desertores que, além não se identificarem mais com nossos times, além de não terem mais paixão por nossos times, acabam se tornando fãs de times europeus. Fazer o que? É se render a aplaudir o "colírio" daqueles que amam ao futebol. Bendita "Champions League"! Até mais!

37 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page