top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Opinião objetiva - Abel Ferreira em cheque

Amigo do esporte,


depois de um início fulminante, o técnico Abel Ferreira está sendo criticado e questionado pela torcida, e já ecoa pelos lados do Palestra a insatisfação de alguns conselheiros e diretores.

Depois de vencer a Copa do Brasil e a Libertadores logo após sua chegada, acumula agora mais uma frustração. Após os vices na Supercopa, Recopa Sul-Americana e no Paulistão, a eliminação na Copa do Brasil para o CRB em casa acende o sinal amarelo para o treinador. Conhecido por passar o jogo inteiro reclamando da arbitragem, recebendo vários cartões amarelos, há quem critique tal postura afirmando que o tempo gasto com reclamações poderia ser melhor aproveitado dando instruções o time.

A verdade é que o Palmeiras passou a ser um time previsível, burocrático. Há quem diga que o "Paulistinha", a Recopa Sul-Americana e a Supercopa são competições de pequena importância e que o foco são competições de maior expressão como o Brasileiro e a Libertadores.

Porém, a Copa do Brasil, além de grande importância para o currículo, tem uma premiação muito interessante até pra quem não precisa de tanto dinheiro assim, como é o caso do Verdão. Dinheiro nunca é demais. Mas a eliminação foi vexatória por ter sido em casa e para um time incomparavelmente inferior ao Palmeiras. Em todos os aspectos: financeiro, elenco, estrutura, tudo no CRB é infinitamente inferior ao Verdão.

De mago que foi no início fulminante, Abel Ferreira vem sendo muito criticado ultimamente, e após a eliminação da Copa do Brasil pelo time alagoano, a "turma do amendoim" já se manifesta ferozmente contra o treinador.

Particularmente, desde sua chegada e apesar das conquistas iniciais, não vejo o treinador como grande conhecedor. Pelo contrário. Assumiu o time num momento mágico. No Mundial foi um vexame, perdeu a Supercopa, a Recopa Sul-Americana e, o mais doído, o Paulista, que o presidente insiste em denominar de "Paulistinha", mas que o Palmeiras, a partir do momento em que se classificou e cruzou com o Corinthians na semi-final e com o São Paulo na final escalou seu time principal, mostrando que também se importava com a competição.

Por fim, é sabido que nos corredores do Palestra, Abel Ferreira já não é unanimidade. Pelo contrário, o nível de contestação quanto ao seu trabalho cresce. Resta saber se terá paz para continuar trabalhando ou será mais um estrangeiro que não deu certo. Façam suas apostas! Até mais!

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page