top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Música de hoje e sempre -"Penas do Tiê" , por Nara Leão e Fagner

Em 1973, Raimundo Fagner lançou seu primeiro álbum: "Manera Frufru Manera" que obteve grande sucesso. E uma das músicas acabou na justiça. Não! Não houve briga. "Penas do Tiê" era de domínio público até que Heckel Tavares reivindicou sua autoria com o título de "Você". Diante disso, Fagner entrou em acordo coma família de Heckel Tavares e adquiriu os direitos com outro nome: "Penas do Tiê". Letra maravilhosa, poética, que nos remete ao "mato" , melodia inebriante com a participação do cavaquinho genial de Manassés com acordes simplesmente emocionantes. E a interpretação é inesquecível. Nara Leão e Fagner dão um espetáculo com uma interpretação ímpar. Uma página memorável de nossa música que merece ser eternizada. Sem dúvida tem que figurar aqui no "Música de Hoje e Sempre". Para ouvir uma, dez, cem vezes e saber da beleza de nossa música!

Letra

Vocês já viram lá na mata a cantoria .

Da passarada quando vai anoitecer

E já ouviram o canto triste da araponga

Anunciando que na terra vai chover

Já experimentaram guabiroba bem madura

Já viram as tardes quando vai anoitecer

E já sentiram das planícies orvalhadas

O cheiro doce da frutinha muçambê

Pois meu amor tem um pouquinho disso tudo

Que tem na boca a cor das penas do tié

Quando ele canta os passarinhos ficam mudos

Sabe quem é o meu amor, ele é você

Você

Vocês já viram lá na mata a cantoria

Da passarada quando vai anoitecer

E já ouviram o canto triste da araponga

Anunciando que na terra vai chover

Pois meu amor tem um pouquinho disso tudo

Que tem na boca a cor das penas do tié

Quando ele canta os passarinhos ficam mudos

Sabe quem é o meu amor, ele é você

Você

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page