top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Música de hoje e sempre - "Me chama que eu vou", de Sidney Magal

Em 1990 a Globo lançou a novela "Rainha da Sucata". Em plena onda da lambada, um ritmo caribenho sensacional que tomou conta do Brasil e do mundo, o tema da abertura foi um dos maiores sucessos de Sidney Magal. "Me Chama Que Eu Vou" se constituiu num sucesso gigantesco, primeiro por ser tema de abertura da novela e depois pela febre da lambada que assolou o Brasil. Sidney Magal, apontado por muitos como cantor brega, constituiu uma carreira brilhante interpretando não só lambadas como outros ritmos. Brega ou não, se tornou um ícone de nossa música. Vale a pena relembrar essa apresentação do cantor no programa do Fantástico, logo após o lançamento da novela. Interpretação histórica e um corpo de balé notável que abrilhantou ainda mais o clipe. Sucesso absoluto, curta "Me Chama Que Eu Vou" com o extraordinário Sidney Magal!

Letra

Seu corpo estremece e já não consegue parar

Seu Sol se espalha na pele fazendo suar

Seu ritmo é quente, bate que bate com emoção

Te abraço, te roço, te esfrego, te sujo então


A fruta é madura e da árvore não vai cair

A roupa lambuza de um jeito que é bom repetir

São cinco elementos apunhalando o coração

O fogo, a terra, a água, o ar e a paixão


Hey!

Ê, ô, ê, ô!

Ê, ô, ê, ô!

Ê, ô, ê, ô!

Ê, ô, ê, ô!

Me chama que eu vou!


Te sinto por dentro, te levo na palma da mão

Te toco no centro, te abro tesão

Brincando, bolindo, ardendo sem medo do prazer

Cara de Diabo, bunda de bebê


É mesmo um luxo, é lógico que é sensual

É um doce pecado melhor do que o original

São cinco elementos apunhalando o coração

O fogo, a terra, a água, o ar e a paixão


Hey!

Ê, ô, ê, ô!

Ê, ô, ê, ô!

Ê, ô, ê, ô!

Ê, ô, ê, ô!

Me chama que eu vou!

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page