top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Conheça o craque - Wladimir

"Conheça o Craque" traz um jogador que tem recordes em sua carreira como o cartão de visitas. Trata-se de Wladimir Rodrigues dos Santos, o Wladimir do Corinthians. Apesar de ter vestido outras camisas, notabilizou-se por defender o Corinthians e ter três recordes que dificilmente algum jogador conseguirá quebrar no Timão. Lateral esquerdo notável, Wladimir começou sua carreira já nas equipes de base do Corinthians, onde se tornou titular em 1972 sob o comando do técnico Duque durante uma excursão a Europa.

No ano seguinte firmou-se absoluto na posição com Yustrich. Com a camisa quatro do Timão permaneceu por 13 anos como titular incontestável. Técnico e raçudo, foi um dos grandes laterais do Brasil embora tenha tido pouca chance na Seleção Brasileira. Fôlego invejável, marcava como ninguém e também chegava ao ataque, embora seu forte fosse sempre a marcação.

Detém recordes inquebráveis nos dias de hoje, Wladimir é o jogador do Timão que mais vezes atuou em campeonatos brasileiros com 268 jogos. Possui também o recorde de maior número de atuações seguidas com 161 jogos sem contusões ou suspensões. E a maior marca de todas: entrou em campo por 805 vezes com a camisa do Corinthians, algo inimaginável nos dias de hoje.

Foi membro ativo da Democracia Corinthiana no período de 1982/83 ao lado de Sócrates, Zenon e outros. É considerado o maior lateral esquerdo da história do Corinthians. Em 1998 foi eleito pela Federação Paulista de Futebol para a Seleção de Todos os Tempos do Campeonato Paulista. Pela Seleção atuou por 7 vezes. Ficou marginalizado injustamente após um empate em 0x0 com a Colômbia pelas eliminatórias da Copa de 78.

Convocado por Osvaldo Brandão, atuou de forma regular. Porém o resultado acabou influenciando em novas convocações e custou até a permanência de Osvaldo Brandão a frente do Seleção.

O treinador acabou pedindo demissão. Voltou somente em 1983 com Carlos Alberto Parreira para a disputa da Copa América sagrando-se vice-campeão. Do Corinthians seguiu para o Santo André e de lá passou por Ponte Preta, Santos, Cruzeiro, São Caetano e encerrou a carreira em 1991 no Central Brasileira de Cotia.

Mais um craque para ser lembrado para sempre. E merece estar aqui no "Conheça o Craque"!


Títulos:

  • Campeão Paulista de: 1977/79/82/83

  • Taça Governador do Estado de 1977

  • Torneio Laudo Natel de 1973

  • Copa Cidade de São Paulo de 1975

  • Taça Cidade de Porto Alegre de 1983

  • Taça Governador do Estado de 1984

  • Copa das Nações de 1985 nos Estados Unidos

  • Vice -Campeão Da Supercopa da Libertadores em 1988 pelo Cruzeiro

  • Vice-Campeão da Copa América de 1983 pelo Brasil

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page