top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Conheça o craque - Washington Olivetto

Washington Olivetto é considerado o papa da propaganda do Brasil. Por incrível que possa parecer, cursou a Faculdade Armando Álvares Penteado de publicidade sem concluir o curso. Premiadíssimo no Brasil e no mundo, é presença marcante em todas as vezes que se fala em propaganda e mercado. Nascido na Lapa, bairro paulistano e filho de imigrantes italianos, iniciou sua carreira em 1969 aos 18 anos como redator em uma agência de publicidade. Após três meses, já tinha produzido seu primeiro comercial para a empresa Deca, comercial este que acabou vencendo o Leão de Bronze do Festival de Publicidade de Cannes. No ano seguinte acabou indo para a DPZ. E foi na DPZ que conseguiu em 1974 o primeiro Leão de Ouro do Festival de Publicidade de Cannes com o filme "O Homem com mais de 40".

Formou dupla de criação com o diretor de arte Francesc Petit ainda na DPZ, realizando vários trabalhos premiados. Essa dupla ficou eternizada por ter criado o garoto-propaganda da Bombril com o ator Carlos Moreno, com 340 filmes, 16 anos no ar e um recorde no Guinness Book por tempo de permanência no ar. A parceria entre a dupla e a Bombril terminaria em 2013 depois de trinta anos.

Saiu da DPZ para associar-se a GGK, agência de publicidade suiça. Junto com Javier Llussá Ciuret e Gabriel Zellmeister, sócios na GGK, passaram a ter o controle total da agência que passou a se chamar W/Brasil. Com filiais em Portugal, Estados Unidos e Espanha, a W/Brasil se tornaria uma das agências mais premiadas no mundo chegando a impressionante marca de quase mil prêmios.

Além disso foi o responsável pela criação de vários comerciais memoráveis como da Vulcabrás, o cachorro da Cofap e o casal Unibanco. Além disso foi o criador dos filmes: "Hitler" em 1989 para a Folha de São Paulo e "O Primeiro Sutiã" em 1987 para a Valisère, ambos na lista dos 100 maiores comerciais de todos os tempos.

Em 2005, Fernando Morais escreveu a biografia da W/Brasil chamada "A Toca dos Leões" falando de sua vida e de seu sequestro em 2001. Vítima de um sequestro por bandidos argentinos, colombianos e chilenos, ficou em cativeiro por três meses, sendo salvo por um estudante de medicina que morava ao lado do cativeiro, que suspeitando do barulho, com estetoscópio colado a parede acabou descobrindo o crime e avisando a polícia.

Finalmente em 2010 Washington Olivetto se uniu a McCann criando a W/McCann, uma das cinco maiores agências do Brasil. Autor de seis livros, é personalidade obrigatória na galeria dos publicitários de todo o mundo. Com talento reconhecido mundialmente, Washington Olivetto sem dúvida é um craque da propaganda. E merece estar na nossa galeria do "Conheça o Craque"!

Prêmios :

  • Mais de 50 " Leões de Ouro " do Festival de Publicidade de Cannes

  • Prêmio Clio Awards de 1971 com um comercial de TV para a revista " Época ". O único latino-americano a ganhar esse prêmio

  • Prêmio " Profissionais do Ano " como o publicitário mais criativo dos últimos trinta anos.

  • Uma das 25 figuras-chave da propaganda mundial pela revista Media International

  • Duas vezes eleito o " Publicitário do Século " pela Associação Latino-Americana de Agências de Publicidade ( ALAP )

  • Hall da Fama do Festival Ibero-Americano de Publicidade em 2009

  • Doutor Honoris Causa pelo centro Universitário Belas Artes de São Paulo

  • Professor Emérito nomeado pela Escola Superior de Propaganda e Marketing em 2015


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page