top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Conheça o craque - Shevchenko

O "Conheça o craque" de hoje traz o maior jogador da história da Ucrânia, que brilhou na Europa ganhando títulos em centros respeitáveis do futebol mundial. Andriy Mycolayovych Shevchenko, o "Shevchenko" ou o "Sheva" foi um dos maiores atacantes do futebol mundial.

Filho de soldado do exército soviético, sempre foi destaque nos esportes. Começou com o hóquei no gelo e sempre foi amante do golfe. Com 9 anos, foi recrutado por um olheiro do Dínamo de Kiev para um teste e superou sem problemas passando a integrar as categorias de base do maior clube da Ucrânia. Teve como ídolo o ucraniano Oleg Blohkin. Chegou ao Dínamo em 1986 com 10 anos, justamente no ano em que aconteceu a tragédia de Chernobil, o acidente nuclear que vitimou mais de 80 mil pessoas, o que marcou tragicamente a vida de "Sheva" , pois saiu de casa arrasado para iniciar sua carreira por ter perdido amigos no acidente. Isso fortaleceu sua motivação e seu caráter.

Em 1994 passou a defender a equipe principal do Dínamo, sendo efetivado pelo então treinador Valeriy Lobanovskiy que se tornou imortal, primeiro por acreditar em Shevchenko e depois por dirigir o time mágico do Dínamo que fez história ao derrotar na Liga dos Campeões de 1998/99 o poderoso Real Madrid nas quartas de final do torneio, com um 1x1 em Madrid e 2x0 em Kiev, com "Sheva" marcando os 3 gols. Depois, o Dínamo seria eliminado pelo Bayern de Munique, depois de um 3x3 em Kiev onde fez dois gols e uma derrota em Munique por 1x0.


Diante de tanto sucesso era natural que não permanecesse na Ucrânia. E quem o levou para um grande centro foi o Milan em 1999. No "rossonero" já na primeira temporada foi o artilheiro do Campeonato e na Liga dos Campeões de 2002/03 se sagrou campeão marcando o gol do título contra a Juventus. Emocionado, dedicou a vitória ao treinador que o projetou, Valeriy Lobanovskiy, falecido no ano anterior e depositou sua medalha no túmulo do treinador.

Após vários títulos pelo Milan, em 2006 acabou se transferindo para o Chelsea onde permaneceu até 2009 conquistando títulos também. Em 2008 foi emprestado ao Milan novamente por uma temporada.

Em 2009 voltou ao seu clube de coração, o Dínamo, para encerrar a careira de jogador em 2012.

Abraçou a carreira de treinador, que exerce até hoje. Faz parte da Comissão Técnica da Seleção da Ucrânia e treina o Genoa da Itália.

Sem qualquer Sombra de Dúvida, trata-se de um dos maiores artilheiros do futebol europeu e mundial e merece estar na galeria de "Conheça o Craque". Grande "Sheva"! Você é gigante!

Gols Marcados:


Pelo Dínamo: 247 jogos e 123 gols


Pelo Milan: 324 jogos e 175 gols


Pelo Chelsea: 76 jogos e 22 gols


Pela Seleção da Ucrânia : 111 jogos e 48 gols.


Títulos:


Pelo Dínamo:

Primeira Liga Ucraniana de 1994/95, 1995/96, 1996/97, 1997/98, 1998/99

Copa da Ucrânia de 1995/96, 1997/98 e 1998/99

Supercopa da Ucrânia de 2011


Pelo Milan:

Troféu Luigi Berlusconi de 2002, 2005 e 2008

Liga dos Campeões da UEFA de 2002/03

Copa da Itália de 2002/03

Supercopa da UEFA de 2003

Série A de 2003/04

Supercopa da Itália de 2004


Pelo Chelsea:

Copa da Liga Inglesa de 2006/07

Copa da Inglaterra de 2006/07


Prêmios Individuais:

Futebolista Ucraniano do Ano de 1997, 1999, 2000, 2001, 2004 e 2006

Melhor Jogador da Liga dos Campeões da UEFA de 1998/99

Oscar del Calcio de 2000

Homem do Jogo da Supercopa da UEFA de 2003

Bola de Ouro de 2004

FIFA pro World XI de 2005

FIFA 100


Artilharias:

Copa da Ucrânia 1994/95 ( 6 gols ) e 1997/98 ( 8 gols )

Primeira Liga Ucraniana de 1998/99 ( 18 gols )

Liga dos Campeões da UEFA de 1998/99 ( 8 gols ) e 2005/06 ( 9 gols )

Série A Italiana de 1999/2000 ( 24 gols ) e 2003/04 ( 24 gols )

Eliminatórias Européias da Copa 2002 ( 10 gols )

12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page