top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Conheça o craque - Manga

Haiton Corrêa de Arruda foi um dos maiores goleiros do Brasil. De tão diferenciado que foi, já no início de carreira foi apelidado de "Manga", homenagem ao goleiro do Santos na época. Manga é pernambucano e iniciou sua carreira nas categorias de base do Sport com 16 anos em 1953. Já em 1954 conquistou o título pernambucano. Sua estreia no time profissional ocorreu em 1955 onde permaneceu até meados de 1959. Nesse intervalo, ainda juvenil, quase se transferiu para o Vasco da Gama. Um contrato de gaveta impediu sua transferência.

Em 1959 foi negociado com o Botafogo Futebol e Regatas onde brilhou por nove anos tornando-se o maior goleiro da história do Glorioso. Manga tinha um prazer especial em derrotar o Flamengo. Antes de cada clássico contra rubro-negro, costumava dizer que já tinha gasto o dinheiro do bicho. Coincidência ou não, sempre contra o Mengo ele se sobressaia e faturava muitos prêmios de melhor em campo.

Sem dúvida sua fase áurea foi no fogão onde ganhou muitos títulos. Muito contra a vontade, em 1969 foi jogar no Nacional do Uruguai. Na época, queria ficar no Brasil. Com o tempo acabou se adaptando e mostrando seu futebol, sendo ídolo também da torcida tricolor uruguaia. Em 1974 voltou ao Brasil para defender o Internacional onde permaneceu até 1976.

Em 1977 foi para o Operário-MS onde ficou apenas um ano, mas o suficiente pra colocar o Operário MS no cenário do futebol brasileiro. Em 1978 jogou pelo Coritiba. Foi tão bem que despertou a atenção do Grêmio que o levou em 1979, permanecendo no Tricolor gaúcho até 1980.

Encerrou sua carreira no Barcelona de Guayaquil do Equador, onde morou até recentemente. Manga tem várias particularidades na sua carreira. A primeira delas é de que, com exceção da Seleção Brasileira, onde teve passagem de 1965 a 1967 tendo inclusive disputado a Copa de 1966 como titular, por onde passou conseguiu títulos de competições importantes.

Outra particularidade é de que se tornou até agora, o brasileiro com mais participações em Copa Libertadores da América. E também, foi o primeiro jogador que defendeu os dois clubes de maior expressão do Rio Grande do Sul.

Excepcional goleiro, carismático apesar de feição carrancuda, "Manguito" como é chamado no Equador cativou a todos por sua personalidade e dedicação. Grande Manga! Que bom poder falar um pouco de você! Craque!


Títulos:

Pelo Sport - Campeão Pernambucano de 1955/56/58

Pelo Botafogo- Taça Brasil 1968, Rio-São Paulo de 1962/64/66, Campeão Carioca de 1961/62/67/68 e Taça Guanabara de 1967/68

Pelo Nacional URU - Mundial de 1971, Libertadores de 1971, Campeão Uruguaio de 1969/70/71/72,

Pelo Internacional - Campeão Gaúcho de 1974/75/76 e Campeão Brasileiro de 1975/76

Pelo Operário MS - Campeão Mato-Grossense de 1977

Pelo Coritiba - Campeão Paranaense de 1978

Pelo Grêmio - Campeão Gaúcho de 1979

Pelo Barcelona de Guayaquil - Campeão do Equador em 1981

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page