top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Conheça o craque - Cauby Peixoto

Uma das vozes mai lindas de nossa música e, por que não dizer da música mundial, é sem dúvida de Cauby Peixoto Barros, nosso eterno Cauby Peixoto. Voz grave, aveludada, afinadíssima e com um jeito peculiar de interpretar, Cauby foi uma lenda de nossa música.

Carioca de Niterói, iniciou sua carreira no final da década de 40. Cantou no coro da escola e no coro da igreja que frequentava e trabalhou no comércio como vendedor de sapatos e e de perfumaria, antes de se aventurar a cantar em programas de calouros no rádio no final da década de 40 no Rio de Janeiro.

Filho de pai cantor, compositor e pianista e de mãe cavaquista e bandolinista, além de irmãos todos músicos, Cauby logo tomou gosto pela música e acabou sendo o mais bem sucedido da família. Exímio nadador, tinha o dom de dançarino quando de sua juventude, o que lhe rendeu prêmios em concursos de dança.

Através de seu irmão Moacyr, conheceu as vozes de Sílvio Caldas e Orlando silva de quem ficou fã incondicional. Diferenciado e sedutor, chegou a ser eleito o homem mais bonito do Brasil em 1954 segundo pesquisa de uma revista americana. Ainda trabalhando na perfumaria, foi até a Rádio Tupi para fazer um teste num programa patrocinado pelo SESC promovido pela pianista Babi de Oliveira chamado "Hora do Comerciário".

A partir dali, passou a frequentar o programa todos os sábados sendo elogiado pela dirigente do programa. Dando as famosas "canjas" em boates como a Vogue do Rio de Janeiro, Cauby foi crescendo musicalmente. Passou a fazer parte de companhia de teatro, a Rival na Cinelândia e com a dispensa do exército (por ser magro demais), seguiu para São Paulo para se juntar aos irmãos Moacyr e Andyara que já atuavam na noite paulistana. Nessa época participou da inauguração da boate Oásis em São Paulo junto de seu irmão.

Seu primeiro disco foi um 78 gravado em 1951. Com a pouca repercussão, seu irmão o apresentou ao empresário Di Veras. E a partir daí, Cauby tornou-se o grande artista que foi. Eclético, foi o único cantor brasileiro a interpretar com maestria impressionante os mais variados ritmos de música. Samba, bossa-nova, boemia, sertanejo, jazz, rock, pop, soul, tango, bolero, jovem guarda, seresta e música romântica fizeram parte de seu imenso e maravilhoso repertório. Foi o cantor que gravou a primeira música de Tom Jobim.

Considerado o "Elvis Presley" brasileiro, tinha como marca sua indumentária arrojada e sua entrada no palco era um capítulo a parte de sua apresentação. Durante os últimos quinze anos de sua vida, além de shows e gravações, Cauby cantava ao vivo todas as segundas-feiras no Bar Brahma em São Paulo.

Com mais de 175 discos gravados, fez parceria com os maiores nomes da música não só brasileira como também internacional. principalmente adorado nos Estados Unidos onde teve parte de sua carreira, Cauby merece estar desfilando aqui no "Conheça o Craque". Esse foi mais do que craque. Valeu, Cauby!

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page