top of page

Patrocinadores

WhatsApp Image 2020-06-20 at 19.43.01.jp
  • Foto do escritorJota Jorge

Conheça a craque - Márcia Real

Dando sequência às homenagens do mês da mulher, do dia da mulher, embora para mim todo dia e todo mês seja da mulher, o " Conheça o Craque" de hoje é mais um "Conheça a Craque". E que craque. Craque com "C".

Nascida Eunice Alves, de família humilde, pai almoxarife e mãe funcionária pública na área de telefonia, tornou-se a gigantesca atriz Márcia Real. Embora seu avô, conceituado advogado, percebendo o desembaraço e a vivacidade da neta, tentasse fazer com que seguisse a carreira do magistrado, um encontro casual na adolescência com a Rainha do Teatro Brasileiro Bibi Ferreira, mudou o rumo de sua vida.


Desse encontro surgiu a oportunidade de um papel na peça "Minhas Queridas Esposas". Passou pela Rádio Tupi até chegar na televisão. E foi na própria TV Tupi que fez sua estreia nos famosos programas na época: TV de Vanguarda e TV de Comédia, fazendo parte do elenco fixo da emissora e se tornando um dos principais nomes da TV Tupi de São Paulo.

Dentre tantas personagens, algumas se destacaram e lhe renderam prêmios importantes. Ana Karenina e Lady Macbeth foram os principais. Sua primeira participação em novelas foi em 1964 na TV Excelsior na novela "Corações em Conflito".

Além de atriz excepcional de TV, teatro e cinema, Márcia Real apresentou o "Clube dos Artistas" por 10 anos ao lado de Aírton Rodrigues. Foi a atriz que ganhou o primeiro "Troféu Imprensa" de melhor atriz em 1961.

Na década de 60 ainda recebeu 3 prêmios "Roquete Pinto", o principal prêmio do meio artístico da época. Trabalhou também como dubladora, sendo sua mais marcante dublagem a da personagem Endora , mãe da "feiticeira" em 1965.

Em 1988 já na Rede Globo, teve outra personagem marcante interpretando Valquíria na novela "Bebê a Bordo". Teve duas filhas de dois casamentos e recebeu inúmeras homenagens no dia de sua morte em 15 de março de 2019.

Atriz versátil, se impunha em todas as atividades, fosse na TV, no teatro ou no cinema. Apesar de alguns papéis de durona, Márcia Real era extremamente dócil, carinhosa e sem pre disposta a ajudar o semelhante. Deixou uma enorme lacuna no meio artístico.

Grande, gigante Márcia Real. Será lembrada Para Sempre pelo ser humano e pela profissional que foi. Essa foi uma singela mas autêntica homenagem a uma atriz inigualável. Estrela de primeira grandeza, merece estar aqui no "Conheça a Craque"!

93 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page